11 de janeiro de 2010

Fantasma do lixo volta a assombrar Santa Cruz

Após alguns anos de relativa tranquilidade quanto à coleta do lixo em Santa Cruz do Capibaribe (graças ao trabalho que a empresa LOCAR vinha realizando na cidade) o municipio observa a volta do caos no recolhimento do lixo.


São toneladas e toneladas de lixo espalhadas em alguns pontos. Coleta falha, já que só acontece em algumas ruas, deixando outras desprovidas do serviço. Sem mencionar o fato de que os automóveis que estão realizando o serviço são inapropriados para tal. Pois se tratam de caçambas, quando com a Locar eram utilizados caminhões dotados de compactadores de lixo. Dessa forma, hoje a coleta mais derrama do que recolhe.


Resta agora o poder público municipal, através da secretaria competente, procurar solucionar o problema.


Nossa reportagem entrou em contato por telefone há alguns minutos com o chefe da divisão da limpeza da Prefeitura Municipal, José Teotônio, que nos informou o seguinte: a coleta de lixo está sendo realizada provisoriamente por uma empresa contratada pela Prefeitura Municipal, porém a nova empresa que responderá pela coleta deverá iniciar seus trabalhos na próxima quarta-feira dia 13 de janeiro.


O nome da empresa é VIACOM, e se trata da mesma que hoje realiza a limpeza urbana nas scidades de Toritama, Limoeiro, Palmares, Buíque, Serra Talhada, Arcoverde e em breve também Petrolândia.


Ao questionarmos como aconteceu o processo licitatório e a escolha dessa empresa o chefe de divisão nos disse não saber informar.

Um comentário:

Euzébio Pereira disse...

E desde a empresa LOCAR desempenhava um papel exemplar? A LOCAR era sim uma grande sugadora dos finanças do municipaio.
Entretanto, mesmo merecendo sair da coleta de lixo, houve uma grande falta de planejamento do poder público municipal onde deveria ter feito a licitação antes do término do contrato, para que não houvesse este transtorno. Muito embora sabemos que não fizeram isto justamente para contratar a atual empresa sem licitação. Uma pena!

Euzébio Pereira Neto