12 de janeiro de 2010

Santa Cruz do Capibaribe passa por um momento delicado com relação à limpeza urbana



Na noite de ontem (11), em Santa Cruz do Capibaribe – PE, por volta das 20hs e 30min foi flagrada uma caçamba transportando lixo de forma irregular entre o município de Santa Cruz do Capibaribe até o aterro sanitário da cidade, trafegando pela PE 160, que liga o município a cidade de Jataúba, deixando em alguns pontos daquela estrada danos ao meio ambiente, como também, sujeito a provocar acidentes automobilísticos, isso pode acontecer por que os sacos de lixo viajam soltos em cima da caçamba.

De acordo com o contador José Mariano de Castro Oliveira de Brito, 29, as caçambas passam todas as noites a partir das 19hs e 30 mim pela PE para irem ao aterro descarregar os resíduos. “Estou indignado com o descaso do poder público local com relação à limpeza urbana da cidade, pois no Bairro Bela Vista o qual eu resido desde o último dia 06, que o lixo não foi recolhido,” enfatiza o contador.

Esta matéria tem um teor de conscientizar e alertar os cidadãos santacruzenses sobre a importância dos cuidados que o meio ambiente deve ter para que no futuro a sociedade não pague pelos erros hoje cometidos.

-

Izabelita Tavares

3 comentários:

Janaina Marques disse...

Não entendo porque o lixo antes era recolhido pelos carros compactadores e agora por caçambas?! As coisas aqui em nossa cidade ao invés de progredir "em termos de gestão pública" regride!!!

Elieudes Bezerra disse...

Concordo com você Janaína, como se explica a ausencia dos carros compactadores? Porque pode-se até justificar a ausencia da equipe coletora devido o encerramaneto do contrato, mais nem bens publicos se tem mais no municipio? como assim? Realmente Santa Cruz pode ser comparada a grandeza da riqueza natural do nosso País que enquanto mais se rouba, desvia e se neglegencia do tesouro municipal, mais fica firme e sustenta tanta falta de compromisso dos gestores publicos. Embora seja necessario o despertar das pessoas pois nào podemos ser vitimas do atraso e ficarmos de màos atadas, temos que questionar, fiscalizar...

Mirele disse...

Isso sem falar na falta de respeito com nós cidadãos, q pagamos nosso impostos, q diga-se de passagem ñ são baratos. Isso sem do descaso com a sujeira e buracos e esgotos correndo a céu aberto em nossa cidade e isso ñ é privilégio apenas dos bairros mais afastados como tambem do centro de nossa cidade onde o poder publico parece ñ ligar para o q esta acontecendo em nossa cidade.