3 de novembro de 2009

Comunicado urgente da CDL‏

A CDL Santa Cruz do Capibaribe convida a todos os associados para uma palestra, amanhã, dia 04 de novembro, a partir das 19:00 hs, na sede da entidade. O encontro será com representantes da Polícia Militar, e tem como objetivo alertar os comerciantes sobre um grupo de pessoas que estão cometendo crime de estelionato na cidade.

-

A prática foi detectada através de alguns associados com a CDL que observou nos últimos dias algumas pessoas estão negociando e aplicando golpes nas empresas. As mesmas se apresentam bem vestidas, com um diálogo bastante agradável e desta forma, conseguem concluir a compra com um cheque clonado que no ato da consulta não consta nenhuma restrição, devido o próprio banco não ter ainda detectado a fraude. Por este motivo solicitamos o máximo de precaução na liberação de objetos de altos valores, onde o cliente desconhecido se dispõe a levar o produto dispensando o serviço de entrega. Diante da situação a Polícia Militar se prontificou em nos auxiliar quanto aos procedimentos que devam ser tomados para evitar esse tipo de golpe na sua empresa.

2 comentários:

Victor disse...

Tudo bem, Sr Secretário, mas vamos esclarecer alguns fatos, para que não sejam interpretados erroneamente:
1-Não houve algo que surgiu nos "bastidores", como o senhor afirma, e sim um aviso prévio de demissão, entregue tanto na secretaria de saude quanto na prefeitura, datada de 28/08/2009.
2-Não era paralisação, e sim DEMISSÃO. Ninguém é obrigado a trabalhar onde não está satisfeito.
3-A secretaria de saúde em momento algum convocou ninguém para diálogo algum. O PREFEITO convocou os médicos para negociação em reunião, a qual o Sr NÃO COMPARECEU. Inclusive o Sr mesmo afirmou a várias pessoas que não concordava com o reajuste.
4-O Sr não quer cumprir com o combinado com o prefeito em reunião que o Sr não estava presente porque não quis estar, que foi de pagar os médicos em dobro quando estes assumissem a função de outro.
5-Não existe atitude ostensiva alguma, o que existe é o livre arbítrio de alguém, seja médico ou qualquer outro profissional, trabalhar onde QUISER, e infelizmente o Sr conseguiu que muitas pessoas nao queiram trabalhar nesta secretaria.
6-O senhor pode fazer as mudanças internas que quiser, e cabe aos médicos aceitar ou não, o que você não pode fazer é mudar as regras no meio do jogo. Mas se mesmo assim você o faz, a resposta é simples: fica quem QUISER.
7-Quem está desrespeitando o compromisso assumido é o Sr, que quer fazer diferente do combinado com o prefeito.
8-O problema não é se o pagamento está em dia ou não, até porque todos que estão saindo já trabalharam com o pagamento atrasado, inclusive há muito pouco tempo, embora o Sr ainda não estivesse aqui e não tenha conhecimento. Agora o que não pode acontecer é ser feito o pagamento de todos da secretaria menos os médicos plantonistas, que continuam sem receber.

Dr Victor Romero - ex-diretor do Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão e ex-médico plantonista do mesmo Hospital

Victor disse...

Aqui vai a lista dos médicos que não querem mais trabalhar em Santa Cruz:

Dr Pedro de Lima
Dr Gustavo Liborio
Dra Liliane Fabiola
Dr Hugo Alexandre
Dr Adilson Juvino
Dr Tiago Coelho
Dr Marcio Lima
Dr Andre Vidigal
Dr Victor Romero
Dr Valter Ferraz Filho